dezembro 5, 2021

Placas de Sinalização industrial com impressão UV – Ultra Violeta

Placas de sinalização industrial são usadas para a comunicação interna e externa com o objetivo de manter os colabores seguros em relação a áreas perigosas ou energias perigosas no local. As Placas de Sinalização industrial com impressão UV são produzidas com tecnologia que usa a luz ultravioleta para a secagem da tinta de forma imediata logo após a impressão.

O método impressão de placas de sinalização industrial que usa tecnologia UV não usa solventes no processo, tornando o método de impressão ecologicamente correto. Outra vantagem é a durabilidade das placas, mesmo em ambientes hostis e áreas externa.

Placas de Sinalização industrial com impressão UV – código de cores

Uma das principais funções das placas de sinalização industrial, além da direcional, é a função de sinalização de segurança. A NR26 é a norma regulamentadora que tem o objetivo fixar as cores que devem ser usadas nos locais de trabalho para prevenção de acidentes, identificando os equipamentos de segurança, delimitando áreas, identificando as canalizações empregadas nas indústrias para a condução de líquidos e gases e advertindo contra riscos. Deverão ser adotadas cores para segurança em estabelecimentos ou locais de trabalho, a fim de indicar e advertir acerca dos riscos existentes. A utilização de cores não dispensa o emprego de outras formas de prevenção de acidentes. O uso de cores deverá ser o mais reduzido possível, a fim de não ocasionar distração, confusão e fadiga ao trabalhador.

As placas de sinalização industrial impressas com a tecnologia UV atendem ao código de cores previsto na NR26, o processo de secagem com luz ultra violeta mantém as características de pigmentação da tinta e a capacidade de absorção do material usado como base para a placa.

Placas de sinalização com impressão UV atendem a Norma Regulamentadora NR26

As cores adotadas na sinalização de segurança de acordo com a NR26 são:

As cores aqui adotadas serão as seguintes:

  • vermelho;Placas de Sinalização industrial com impressão UV - Ultra Violeta na Campion
  • amarelo;
  • branco;
  • preto;
  • azul;
  • verde;
  • laranja;
  • púrpura;
  • Lilás;
  • cinza;
  • alumínio;
  • marrom.

O Significado das cores na sinalização de acordo com a NR26

Vermelho

O vermelho deverá ser usado para distinguir e indicar equipamentos e aparelhos de proteção e combate a incêndio. Não deverá ser usado na indústria para assinalar perigo, por ser de pouca visibilidade em comparação com o amarelo (de alta visibilidade) e o alaranjado (que significa Alerta).
É empregado para identificar:

  • caixa de alarme de incêndio;
  • hidrantes;
  • bombas de incêndio;
  • sirenes de alarme de incêndio;
  • caixas com cobertores para abafar chamas;
  • extintores e sua localização;
  • indicações de extintores (visível a distância, dentro da área de uso do extintor);
  • localização de mangueiras de incêndio (a cor deve ser usada no carretel, suporte, moldura da caixa ou nicho);
  • baldes de areia ou água, para extinção de incêndio;
  • tubulações, válvulas e hastes do sistema de aspersão de água;
  • transporte com equipamentos de combate a incêndio;
  • portas de saídas de emergência;
  • rede de água para incêndio (sprinklers);
  • mangueira de acetileno (solda oxiacetilênica).

A cor vermelha será usada excepcionalmente com sentido de advertência de perigo:

  • nas luzes a serem colocadas em barricadas, tapumes de construções e quaisquer outras obstruções temporárias;
  • em botões interruptores de circuitos elétricos para paradas de emergência.

Amarelo

Em canalizações, deve-se utilizar o amarelo para identificar gases não liquefeitos. O amarelo deverá ser empregado para indicar “Cuidado!”, assinalando:

  • partes baixas de escadas portáteis;
  • corrimões, parapeitos, pisos e partes inferiores de escadas que apresentem risco;
  • espelhos de degraus de escadas;
  • bordas desguarnecidos de aberturas no solo (poços, entradas subterrâneas, etc.) e de plataformas que não possam ter corrimões;
  • bordas horizontais de portas de elevadores que se fecham verticalmente;
  • faixas no piso da entrada de elevadores e plataformas de carregamento;
  • meios-fios, onde haja necessidade de chamar atenção;
  • paredes de fundo de corredores sem saída;
  • vigas colocadas a baixa altura;
  • cabines, caçambas e gatos-de-pontes-rolantes, guindastes, escavadeiras, etc.;
  • equipamentos de transporte e manipulação de material, tais como empilhadeiras, tratores industriais, pontes-rolantes, vagonetes, reboques, etc.;
  • fundos de letreiros e avisos de advertência;
  • pilastras, vigas, postes, colunas e partes salientes de estruturas e equipamentos em que se possa esbarrar;
  • cavaletes, porteiras e lanças de cancelas;
  • bandeiras como sinal de advertência (combinado ao preto);
  • comandos e equipamentos suspensos que ofereçam risco; pára-choques para veículos de transporte pesados, com listras pretas.
  • Listras (verticais ou inclinadas) e quadrados pretos serão usados sobre o amarelo quando houver necessidade de melhorar a visibilidade da sinalização.

Branco

O branco será empregado em:

  • passarelas e corredores de circulação, por meio de faixas (localização e largura);
  • direção e circulação, por meio de sinais;
  • localização e coletores de resíduos;
  • localização de bebedouros;
  • áreas em torno dos equipamentos de socorro de urgência, de combate a incêndio ou outros equipamentos de emergência;
  • áreas destinadas à armazenagem;
  • zonas de segurança.

Preto

O preto será empregado para indicar as canalizações de inflamáveis e combustíveis de alta viscosidade (ex: óleo lubrificante, asfalto, óleo combustível, alcatrão, piche, etc.). O preto poderá ser usado em substituição ao branco, ou combinado a este, quando condições especiais o exigirem.

Azul

O azul será utilizado para indicar “Cuidado!”, ficando o seu emprego limitado a avisos contra uso e movimentação de equipamentos, que deverão permanecer fora de serviço.

  • empregado em barreiras e bandeirolas de advertência a serem localizadas nos pontos de comando, de partida, ou fontes de energia dos equipamentos.

Será também empregado em:

  • canalizações de ar comprimido;
  • prevenção contra movimento acidental de qualquer equipamento em manutenção;
  • avisos colocados no ponto de arranque ou fontes de potência.

Verde

O verde é a cor que caracteriza “segurança”. Deverá ser empregado para identificar:

  • canalizações de água;
  • caixas de equipamento de socorro de urgência;
  • caixas contendo máscaras contra gases;
  • chuveiros de segurança;
  • macas;
    fontes lavadoras de olhos;
  • quadros para exposição de cartazes, boletins, avisos de segurança, etc.;
  • porta de entrada de salas de curativos de urgência;
  • localização de EPI; caixas contendo EPI;
    emblemas de segurança;
  • dispositivos de segurança;
  • mangueiras de oxigênio (solda oxiacetilênica).

Laranja

O laranja deverá ser empregado para identificar:

  • canalizações contendo ácidos;
  • partes móveis de máquinas e equipamentos;
  • partes internas das guardas de máquinas que possam ser removidas ou abertas;
  • faces internas de caixas protetoras de dispositivos elétricos;
  • faces externas de polias e engrenagens;
  • botões de arranque de segurança;
  • dispositivos de corte, borda de serras, prensas.

Púrpura

A púrpura deverá ser usada para indicar os perigos provenientes das radiações eletromagnéticas penetrantes de partículas nucleares.
Deverá ser empregada a púrpura em:

  • portas e aberturas que dão acesso a locais onde se manipulam ou armazenam materiais radioativos ou materiais contaminados pela radioatividade;
  • locais onde tenham sido enterrados materiais e equipamentos contaminados;
  • recipientes de materiais radioativos ou de refugos de materiais e equipamentos contaminados;
  • sinais luminosos para indicar equipamentos produtores de radiações eletromagnéticas penetrantes e partículas nucleares.

Lilás

O lilás deverá ser usado para indicar canalizações que contenham álcalis. As refinarias de petróleo poderão utilizar o lilás para a identificação de lubrificantes.

Cinza

a) Cinza claro – deverá ser usado para identificar canalizações em vácuo;
b) Cinza escuro – deverá ser usado para identificar eletrodutos.

Alumínio

O alumínio será utilizado em canalizações contendo gases liquefeitos, inflamáveis e combustíveis de baixa viscosidade (ex. óleo diesel, gasolina, querosene, óleo lubrificante, etc.).

Marrom

O marrom pode ser adotado, a critério da empresa, para identificar qualquer fluído não identificável pelas demais cores.

E as pessoas que sofrem de Daltonismo?

Daltonismo, também conhecido como discromatopsia ou discromopsia, é uma perturbação da percepção visual caracterizada pela incapacidade de diferenciar todas ou algumas cores, manifestando-se muitas vezes pela dificuldade em distinguir o verde do vermelho. Esta perturbação tem normalmente origem genética, mas pode também resultar de lesão nos olhos, ou de lesão de origem neurológica. O daltonismo pode dificultar o aprendizado e a execução de atividades rotineiras, como comprar frutas, escolher roupas e diferenciar as luzes dos semáforos. Tais problemas, no entanto, são considerados menores pela literatura médica devido à capacidade de adaptação da maioria dos daltônicos. Indivíduos portadores de cegueira das cores também podem ter acuidade visual reduzida. O distúrbio, que era conhecido desde o século XVIII, recebeu esse nome em homenagem ao químico John Dalton, que foi o primeiro cientista a estudar a anomalia da qual ele mesmo era portador. Fonte: Wikipédia

Norma NR 26 de Sinalização de Segurança trata também no seu documento completo da aplicação das cores em maquinas e equipamentos e das palavras de advertência a serem usadas em placas ou adesivos em determinadas áreas. Assim os colaboradores que são daltônicos ou cegueira das cores podem se orientar através do texto.

 

Posts relacionados